Espraiamento

A nossa época talvez seja, acima de tudo, a época do espaço. Nós vivemos na época da simultaneidade: vivemos na época da justaposição, do próximo e do longínquo, do lado-a-lado e do disperso. Michel Foucault (2001, p. 411)

 

Espraiamento é uma proposição poética construída a partir de uma experiência de imersão investigativa às praias de Porto Alegre realizada no segundo semestre de 2016 no contexto da disciplina “posição e deslocamento” ministrada pela Prof. Dra. Tetê Barachini, junto ao Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da UFRGS.

A intervenção que foi realizada no dia vinte e seis de fevereiro de 2017 na praia de Xangri-lá, RS, Brasil trata a praia como espaço público sobre uma abordagem que envolve aspectos como territorialidade, apropriação e proximidade.